sábado, 17 de abril de 2010

"Passos" no SketchUp

O Google SketchUp é um software importante para os arquitetos e estudantes de arquitetura. Trata-se de uma ferramenta para representação tridimensional rápida, utilizada para configuração visual de objetos, cenários, edificaçõe e para as demais necessidades do profissional da área em um nível simplista de detalhamento, pois ele possui uma série de limitações gráficas e de usabilidade. Tivemos alguns workshops para a introdução ao SketchUp e como resultado do aprendizado, tivemos como demanda representar graficamente e tridimensionalmente a nossa performance, utilizando as ferramentas do programa em questão.

O desafio foi grande. O exercício foi executado em parceria com Fernanda Fernandes e Cíntia Braga. Primeiramente partimos para a análise dos vídeos e dos conceitos da nossa atuação e concluímos que o elemento principal da performance era a acuidade auditiva proporcionada pelos sons dos passos sobre o tablado. Desta maneira procuramos alternativas para representar o som, suas singularidades e seus ritmos.

Primeiramente representamos o som através de espectogramas, sintetizados pelo software Goldenwave, um editor de áudio. Assim pudemos analisar de forma visual as diferenças entre os passos pela forma e cores destes gráficos.



Ao vermos esta possibilidade de representação partimos para a organização formal e sequencial dos elementos da apresentação. Elaboramos um gráfico linear para representar através dos espaçamentos, o fluxo de pessoas que passavam pela rampa e os níveis verticais, por sua vez, representam a característica peculiar de cada passo (sua velocidade, ritmo e profusão).

A partir disto restou criar uma narrativa para a apresentação que correspondesse as sensações expressas pela performance. Trabalhamos uma brincadeira com a perspectiva, onde a estrutura tridimensional que acolhia as imagens da performance se misturava ao prolongamento das linhas do gráfico, se escondendo por trás das barras em um ponto de vista específico. Abaixo alguns testes desta representação com as diferentes perspectivas.


Por fim acrescentamos a qualidade colorística a ambientação tridimensional, reforçando o ritmo passado pela performance. As cores aplicadas às barras do gráfico são as cores do círculo cromático em 360º, passando pelas cores frias até as cores quentes e retornando ao seu estado inicial. Desta mesma maneira se passou a performance: no início representou-se a singularidade dos personagens, passando pela multiplicidade e profusão de movimentos, finalizando com a equalização dos passos em harmonia e ritmo mútuos.

Segue abaixo o resultado animado da representação tridimensional no SketchU que
também pode ser visualizado em meu Vimeo.

video

Nenhum comentário:

Postar um comentário